Domingo, 23 de Outubro de 2005

sol de inverno...

o sol.jpg

Hoje foi um daqueles dias em que o sol brilhou lá fora mas dentro de mim havia uma chuva miúdinha de umas nuvens que tentavam silenciar o vazio que havia em mim.
Sinto que a minha pele se está enrugar aos poucos
que os dias se transformam em anos.
Tento ter a mesma força de outros tempos
mas ela escapa-me entre os dedos
como grãos de areia fina.

Atrás de cada linha de chegada,
há uma de partida,
atrás de cada engano, há outro desafio.
Tento dizer isto a mim sempre que
Sinto as minhas pernas a fraquejar,
O meu pensamento a esvaziar-se
a deixar-se atormentar por medos e fantasmas
do passado e presente!

Às Vezes quero ser diferente fazer algo novo
Mas acabo sempre por repetir os meus actos
Os mesmos erros e caminhar pelos mesmos
Caminhos.
Tento não viver de fotos amareladas
Apagadas pelo tempo
Escritas de uma vida passada
Que tenta não me deixar seguir enfrente
Parece que existe sempre algo invisível
À espera que eu desista de ser eu!

Mas não vou desistir
Quando não puder andar depressa, caminho.
Quando não puder caminhar uso uma bengala,
mas vou tentar nunca desistir!
Mesmo que dentro de mim haja um sol de Inverno!


pensadora
publicado por pensadora2 às 19:59
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Anónimo a 27 de Outubro de 2005 às 00:23
Olá!
Obrigado pelo comentário!
É assim mesmo é que se fala!
Mesmo que a vida nos apresente obstáculos, há-que saber ultrapassá-los.
Beijinhos.Hélder Durão
(http://personalbook.blogs.sapo.pt)
(mailto:helder_durao@hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Outubro de 2005 às 14:38
Agradavel este "Sol de Inverno". Beijinhos.Maria do Céu Costa
(http://www.maisquepalavras.blogs.sapo.pt)
(mailto:mariaceucosta@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Outubro de 2005 às 22:11
Nininha o que é isto... Então... Vá lá dá um sorriso, sorri porque vale sempre a pena, quanto mais não seja pelos teus marinheiros... beijinhos ternos ninaPerfect Woman
(http://perfectwoman.blogs.sapo.pt/)
(mailto:perfect_woman63@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Outubro de 2005 às 12:22
Não vamos desvalorizar o SOL DE INVERNO, olha que por vezes "aquece" ainda mais que no Verão..(depende da TEMPERATURA do corpo que o recebe....rs)
Feliz dia....bjsdocerebelde
(http://docerebelde.blogs.sapo.pt)
(mailto:docerebelde@hotmail.com.pt)


De Anónimo a 25 de Outubro de 2005 às 10:12
K importa a idade se o k conta é como nos sentimos por dentro. A idade é apenas um nunero uma estatistica n penses nisso e viverás melhor.
jokas VampirescasBlack_Vampire
(http://vamps.blogs.sapo.pt/)
(mailto:deuza@hotmail.com)


De Anónimo a 25 de Outubro de 2005 às 09:49
Seja qual for a tua idade, o teu coração nunca deve avançar nos anos, porque manter o coração sempre jovem é manter-nos na idade que nos fazem felizes. Ter amor á vida, é viver, de preferência sempre com um sorriso, este sorriso é e será a balança da nossa vida.
Desejo-te tudo tudo de bom, boa semana, bjnhs zezinhozezinho
(http://zezinhoeseuspoemas.blogs.sapo.pt)
(mailto:zezinhomota@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Outubro de 2005 às 20:38
O avanço da idade traz a Acção de parar, pensar e não mudar. Parar, porque a nossa sociedade impõe que já não temos a capacidade energética, nem a capacidade intelectual para dar produtividade a esta globalização cínica. Pensar, porque temos medo de Errar. Não mudar porque estagnamos e não podemos mostrar ao mundo a nossa instabilidade Emocional... as nossas Paixões tardias...as nossas letras de mor e Intervenção.
Começamos a chegar Mais tarde e Pomo-nos demasiado Cedo... è assim o Sol de Inverno.
Mas este Sol...Nunca Desistiu... Nunca faleceu. Nasceu numa época diferente... viveu num tempo diferente... e foi criado pela natureza para Atenuar a "Frieza", Ofuscar a Indiferença, Iluminar a escuridão, da tristeza sofrivel do Solesticio!
Foi criado para QUEBRAR BARREIRAS.
Pensadora... as tuas Palavras são o Sol neste Inverno...Não percas a esperança porque não é , NEM PODE, essa chuva miudinha Chamada "Sociedade", fazer perder a ESPERANÇA.
Beijos de Conforto.julio
</a>
(mailto:jjbbranco@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Outubro de 2005 às 20:09
olá pensadora...visitei o teu blog porque vi o teu comentario no blog do hélder...adorei os teus pensamentos!!! Adorei este ultimo post com especial admiração...passarei por cá mais vzs...
beijos na tua soul**Paula
(http://www.mysoul.no.sapo.pt)
(mailto:mysoul_05@hotmail.com)


De Anónimo a 24 de Outubro de 2005 às 17:08
Tens os anos que a vida te deu! E depois? Olha-te todos os dias de manhã no espelho e vê como és linda. As rugas? Experiencias da vida, cada uma com a sua história que te faz mulher, que te fortaleçe e que te faz seguir em frente. Já pensas-te entretanto no que conquistas-te? O respeito que os verdadeiros amigos têm por ti? Vao em frente mulher, sem vacilações. É legitimo que possas sentir tristeza, angustia. E quando estás feliz? Isso não conta? Pensa!!! Eu acho que conta. Um beijo grande.zzeka
(http://vamps.blogs.sapo.pt)
(mailto:zzeca855@hotmail.com)


Comentar post