Domingo, 14 de Agosto de 2005

vou deixar que a noite venha...

lua.jpg


Vou deixar que a noite venha sorrateira e me transforme em Gata borralheira em Cinderela ou Pincesa, numa menina mulher cheia de sonhos.

Vou deixar que a noite venha e me envolva no seu manto de brilho e ilusões e que as estrelas me indiquem o caminho de um novo amanhecer.

Vou deixar que a noite venha e a lua no horizonte me envolva na minha existência , no meu corpo meio desnudado salpicado de luz.

Vou deixar que a noite venha e que as estrelas brilhem como velas e iluminem o meu corpo, a minha alma o meu querer e que me faça sonhar, sonhos de meninos crescidos.

Vou deixar que a noite venha e deixe cair a máscara que coloco durante o dia e arranje coragem para dizer o quanto te quero!

Vou deixar que a noite venha e os anjos me envolvam num sono reparador e que transformem os sonhos em realidades, que os medos se transformem em coragem e as desilusões em ilusões!

Vou deixar que a noite venha e esperar e acreditar que amanhã estarás comigo ao meu lado…e quem sabe não voltes a partir .

Vou deixar que a noite venha…

pensadora
publicado por pensadora2 às 21:39
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Anónimo a 17 de Agosto de 2005 às 18:48
Lindo este poema... Gostei! Obrigado pela tua visita, estás no roteiro dos blogs que visito, um beijosverdescampus
(http://www.verdescampus.blogs.sapo.pt)
(mailto:verdescampus@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Agosto de 2005 às 17:35
Belo post, e gostei mais dele ainda quando mesmo no fundo li pensadora. De facto na noite tudo é possível, basta compreender o negrume da vida e "reparálo".Cláudia
(http://www.timon.blogs.sapo.pt)
(mailto:claudiapcs@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Agosto de 2005 às 11:12
Porque á noite tudo é magia, e quando a noite chega... pode trazer a razao da tua esperança com ela...

Obrigada pela visita. Beijos*meialua
(http://aoutralmadalua.blogs.sapo.pt)
(mailto:luamagica@hotmail.com)


De Anónimo a 16 de Agosto de 2005 às 16:30
Olá minha amiga. Espero que a noite caia depressa e que a tua espera por fim termine. Fica atenta e não adormeças, nem te distraias porque algo de bom poderá acontecer na noite que também te espera. Um beijinho grande.zeca
(http://ailhadez.blogs.sapo.pt)
(mailto:zzeca855@hotmail.com)


De Anónimo a 16 de Agosto de 2005 às 12:22
Olá!
Muito bonito este texto!
Nele, deixas transparecer a esperança que tens...e "enquanto há vida há esperança"!
Beijos.Hélder
(http://personalbook.blogs.sapo.pt)
(mailto:helder_durao@hotmail.com)


De Anónimo a 15 de Agosto de 2005 às 15:27
Espero que o principe tenha chegado, o encanto ainda se mantenha e o sapatinho não se tenha partido :-)
Gostei de te conhecer pensadora.
Beijinhoskaldinhas
(http://kaldinhas.blogs.sapo.pt/)
(mailto:kaldinhas@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. na falta de inspiração...

. acordes da vida...

. adversidades da vida...

. neste momento só me resta...

. tentarei pensar...

. disfarce autorizado...

. um mimo do meu marinheiro...

. a ausência...

. o silêncio...

. resistir ao inverno...

.arquivos

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds