Terça-feira, 28 de Junho de 2005

caminhos...

girassol.jpg


Pelos campos que caminhei...
Sem querer, muitas luta encontrei.
Sem o saber de vida em vida.
De geração em geração
Buscando uma paz, mas só a solidão encontrei.
Do viver do querer, do sol a nascer...
Da noite a chegar, de sol a sol, mas nada consegui
Hoje meus olhos olham o infinito
Buscando uma resposta...
Nada só lembrança vagas...
Tento, mas quando percebo lá se vai.
Minha mente sai sem rumo, cai num abismo
encontrando a noite caindo na escuridão.

Buscando um ponto de luz.
Cansada, desiludida da vida penso.
Em entregar os pontos quando menos espero
Percebo, uma luz imensa uma paz enorme.
Quando tempo levei para chegar nem eu sei...
Só sei...
Que fico ali dias e dias, horas e horas observando.
Aquelas águas, sentada, à beira do lago.
O brilho do sol que reflecte intensamente.
As noites se tornam dias, a escuridão em luz.
Sinto uma paz enorme, a paz que sempre procurei.
É neste momento que percebo
que estou indo ao teu encontro
e novamente contigo ficarei,
no infinito, do amar do querer do não sofrer
contigo ficarei, no caminho da felicidade
no caminho do sonho...

pensadora





publicado por pensadora2 às 22:57
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 29 de Junho de 2005 às 16:42
"No caminho da felicidade, caminha ao meu e nosso lado."
Um abraçosilhada
</a>
(mailto:duska@iol.pt)


Comentar post