Domingo, 22 de Maio de 2005

quando o amor...

candeeiro1.jpg



Eu sei que um dia um amor vai surgir.
Não precisa ser lindo como a flor, nem belo como o mar, mas que seja terno e intenso.
Um dia um lindo coração há-de me deixar entrar, não precisa ser forte no bater, nem difícil no esquecer. Só importa que seja intenso na emoção.
Sei que o encontrarei seja onde for, mesmo que para isso precise de ir além da dor.
Conhecerei ainda esse grande amor.
Não quero mais afogar-me na mágoa da solidão. Hoje só queria estar num terno coração
que esteja disposto a amar.
Será você? Não sei!
Não precisa ser belo, apenas sincero que me ame e aceite de verdade e não por momentos de prazer e depois me troque ou deite fora como um farrapo velho...Um dia já amei, talvez tenha sido amada...mas sei que um dia te encontrarei ...
A noite está calma as estrelas tão luzentes! Os namorados também as verão com um brilho diferente porque sentem ternura nos seus corações. Por eles sinto-me feliz, mas por mim!... Por que estaria feliz, se mesmo com tantas estrelas a brilhar, a noite do meu coração é tão escura! Por que para tantos o amor se apresenta tão lindo, e para outros é um murmúrio sem sentido? É a tal lei da compensação? Se não for, o que será então?
Responde-me tu que entendes tanto de amor, que te dizes professor e sábio da arte de amar! Diz-me onde irei encontrar o amor?
Sabes uma coisa? És um tonto !Pois o amor não se ensina nem se aprende. Para o amor não há professor. Ele quando quer entra e acende-se nos nossos corações , mesmo que seja rabiscado pelo lápis da dor. O amor quando não quer, não existe emoção que o faça despertar do seu sono nem que seja mesmo o mais lindo ser deste mundo te convidando para amar.
Aprende meu amigo, para o amor não há escola, pois ele não vive de ensinamentos, muito menos de esmola, migalhas do saber, para entender o amor , é preciso cultivar, e encontrar o coração certo, onde ele se queira instalar. Falar sobre o amor é como procurar no lago um rio , pois o amor fala por si, ele tem sua voz própria....E chega sem se fazer anunciar! E às vezes é tão difícil arrancá-lo do coração mesmo quando já não faz nenhum sentido ele lá permanecer...Só provoca saudade e lembranças e na noite é mais complicado ainda...a noite é dos namorados...
Vou ver um filme para te tentar esquecer....

Pensadora!
publicado por pensadora2 às 22:32
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 27 de Maio de 2005 às 19:43
Muito lindo este teu texto...gostei imenso!Falas do amor com muita esperança que ele apareça,falas perfeitamente, escreves lindamente!Sinceramente gostei do que aki li...Continua a escrever, não deixes eskecer esse dom que tens na escrita!Continua...bjs e haja esperança, pois tb preciso dela!BjsNeco
(http://www.imgay.blogs.sapo.pt)
(mailto:ccbaixinho@hotmail.com)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. na falta de inspiração...

. acordes da vida...

. adversidades da vida...

. neste momento só me resta...

. tentarei pensar...

. disfarce autorizado...

. um mimo do meu marinheiro...

. a ausência...

. o silêncio...

. resistir ao inverno...

.arquivos

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds