Sexta-feira, 13 de Maio de 2005

a magia de um toque...

unidos.jpg





“ Procura ter sempre alguma coisa bonita diante dos teus olhos “ ( Maria José Norte)






Queria passar as minhas mãos no teu rosto e com elas desenhar todos os seus contornos e guardá-los no meu pensamento. Pintar com lápis de carvão o teu sorriso para nunca mais o esquecer.
Queria ficar contigo deitada lado a lado, eternizar o momento , vestir uma camisa tua e ficar com o teu cheiro entranhado no meu corpo. Viver a teu lado o encanto de mais um amanhecer . Tocar-te com as minhas mãos, com os meus lábios, mas também tocar-te no pensamento, no sentimento. O toque é algo infinito e suave como uma pétala de rosa aveludada, belo como cada raio de Sol que nos entra pela janela ao acordar. O toque no rosto, no corpo de uma pessoa, é algo tão subtil e próprio. Pode ser um toque carregado de sedução, de prazer , mas pode ser um toque simples, tranquilo cheio de afecto quase infantil.
A forma como tocamos o outro é única nunca tocamos duas pessoas de uma mesma maneira.
Não se toca só com as mãos, também se toca com o pensamento, com o coração, com o olhar . Mesmo sem lhe vermos o rosto ou alcançarmos o seu corpo , o toque pode ser algo tão forte que nos faz ficar horas presas a esta máquina ou ao telefone.
O prazer de te tocar é algo que as palavras não desenham, não sabem transmitir.
Quando sentimos sintonias de ideias, de estarmos juntos mesmo separados , mas porque aprendemos a sentir o outro, sabemos quando ri ou está triste, é algo que só o toque do coração pode dar . Podemos nos tocar com um olhar, com um sorriso, mesmo que tu não vejas o meu rosto.
Há um toque de magia quando ele é conseguido à distancia, e depois de nos deixarmos embarcar nesse toque será difícil não o ter. As cumplicidades que se criam, a amizade que floresce faz-nos ficar horas apenas pelo prazer de sermos tocados pelas palavras.
Não tocamos a aragem , não tocamos o ar no entanto ele brinca com os nossos cabelos e nos despenteia. Não tocamos o Sol e ele nos aquece e nos faz sentir calor…O toque à distância é um toque cheio de magia. Torna-se real quando o sentimos.
O toque, sem o percebermos, é uma das nossas maiores armas de sedução e de prazer...
Neste momento queria tocar-te com as minhas mãos…Nem que fosse apenas contornar o teu rosto com os meus dedos para nunca mais o esquecer! Entrelaçar as minhas mãos nas tuas e ficar horas...a olhar o infinito!
Nem que fosse só uma vez...

pensadora







publicado por pensadora2 às 20:28
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. na falta de inspiração...

. acordes da vida...

. adversidades da vida...

. neste momento só me resta...

. tentarei pensar...

. disfarce autorizado...

. um mimo do meu marinheiro...

. a ausência...

. o silêncio...

. resistir ao inverno...

.arquivos

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds