Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2006

o silêncio...

liberdade2.jpg




Descansa os teus olhos, que voam magoados.
Sobre as inquietas águas dos enganos
E se a agonia, que reina em tua dor
Te der som à palavra, desabafa!

Eu oiço.
Sabe bem ter alguém para ouvir
mesmo que não se consiga resolver
o que te perturba
Acredita que conforta!

Eu não tenho compromisso ou pressa
Deixa aqui a tua cabeça,
Onde o silêncio tem voz de companhia,
Onde chorar não é vergonha nem fraqueza
Traz, se puderes , à luz do dia,
Essas mágoas caladas de sofrimento
Eu tento ajudar!

( Se preferires depois, no fim, eu esqueço tudo...
Deixo correr pelo rio tudo o que ouvi...)

Acho que Deus desenhou
o ombro humano
Perfeito , ondulado e quente
Para ouvir e acarinhar amigos, amores, filhos...
e de quem ele precisar !

O meu ombro está aqui...
às vezes nem sempre encontro um
Mas não desisto de o procurar...

pensadora
publicado por pensadora2 às 21:45
link do post | comentar | favorito
|
21 comentários:
De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 17:45
Ainda a pensares?
Beijinhoszezinho
(http://conversasdexaxa4.blogspot.com)
(mailto:apcorreia@vozdasbeiras.com)


De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 11:04
Se deres o teu ombro, muito facilmente encontrarás outro que te console. Por vezes é dificil e parte de nós conseguir-mos por para fora as nossas inquietações e problemas. Bjinhos.Ritisabel
(http://pegadasnaareia.blogs.sapo.pt)
(mailto:ritalexandre@hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2006 às 23:53
Eu oiço.
Sabe bem ter alguém para ouvir"
Gostei muito deste teu poema...

Luís
(http://rotacaodostempos.blogs.sapo.pt)
(mailto:L_NatalMarques@netcabo.pt)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2006 às 21:50
Se me conhecesses saberias que podias contar com o meu ombro como eu sei que posso contar com o teu mesmo sem te conhecer. Experimenta se precisares.
Um beijo.

Luis
(http://racionalidades.blogspot.com/)
(mailto:lanterna@tugamail.com)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2006 às 17:59
Conforta ouvir uma palavra, conforta um abraço de silêncio, conforta um ombro amigo, seja qual for, seja de quem for…
Amaral
(http://amaralnascimento.blogspot.com)
(mailto:amaralnascimento@hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2006 às 17:58
O ombro aparecerá na hora certa e certamente quando menos esperares.
Tens sensiblidade e gosto da forma como explanas a tua poética.
Beijoszezinho
(http://conversasdexaxa4.blogspot.com)
(mailto:apcorreia@vozdasbeiras.com)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2006 às 14:19
Lindo. Quando for grande tambem quero conseguir escrever assim :o)
Boa semana :o)
Baci :o)Nekynho
(http://www.nekynho.blogspot.com)
(mailto:nekynho@gmail.com)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2006 às 13:53
Olá, gostei muito do teu poema.
Deixo te um poema meu
Silêncio
Os sonhos acabaram, fica um imenso vazio.
Vivo uma meia vida que recordo com saudade.
Os momentos vividos com palavras amadas
Pertencem ao passado.
Vou reconquistar as palavras e os momentos
Para voltar a sonhar.
-
singularidade


beijinhosIsa
(http://singular.blogs.sapo.pt)
(mailto:singularidade@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2006 às 12:41
Simplesmente lindo e tocante...Nem sempre se encontra um ombro amigo para chorar, mas o meu tb está aqui para suportar as lágrimas dos outros!Adorei linda!Bj grande!Gaybriel
(http://www.silenciosentido.blogs.sapo.pt)
(mailto:amor_amizade_1980@hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2006 às 02:16
É óptimo ter um ombro amigo verdadeiro...significa tudo em determinadas alturas...
Beijinhos!!Butterfly
(http://www.vemvoar.blogspot.com)
(mailto:www.silviamds@hotmail.com)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. na falta de inspiração...

. acordes da vida...

. adversidades da vida...

. neste momento só me resta...

. tentarei pensar...

. disfarce autorizado...

. um mimo do meu marinheiro...

. a ausência...

. o silêncio...

. resistir ao inverno...

.arquivos

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds