Sábado, 9 de Abril de 2005

o sol começa a esconder-se...

cidade a noite 2.jpg
abril 09, 2005

O Sol começa a esconder-se atrás das nuvens…
Com ele vem o anoitecer, o adormecer da cidade . À noite a solidão é mais sentida! O cansaço de mais um dia em que se andou de um lado para o outro, o jantar feito à pressa .Os filhos para deitar e o silêncio que nunca mais chega! O resto do tempo passado entre o computador , televisão e alguma leitura. Sem prestar muita atenção a nada apenas esperar por um novo amanhecer.
Muitas vezes é na noite que fazemos um pouco de pausa na nossa vida, para reflectirmos sobre tudo o que fizemos e desfizemos, sobre o que não dissemos e gostávamos de ter dito!
Na pausa não há música, mas a pausa ajuda a fazer a música , tal como a pausa e o silêncio em nossas vidas ajudam a construir uma nova melodia!
Uma melodia de renovação, de aprendizagem com os erros e só desta forma construiremos um novo amanhã que por muito igual terá sempre algo de novo ou imprevisto…
Nunca há um dia igual ao outro!
No silêncio e nas pausas da nossa vida conseguimos uma paz que nos fará lamentar os erros passados mas acreditar no dia de amanhã. Procuramos no amor a solução para todos os nossos problemas, quando afinal o amor é a recompensa de termos resolvido os nossos problemas!
Se vivermos obcecados pelos nossos problemas nem reparamos naquele ser maravilhoso que temos ao nosso lado ou no nosso coração, descuidamos até esse amor e quando olhamos em nosso redor, já não temos ninguém para amar porque não nos soubemos amar em primeiro lugar… Esquecemo-nos de dizer quanto essa pessoa é importante em nossa vida, da vontade em que tivemos de trocar um carinho e não o fizemos, de como era bom o seu abraço…E às vezes por falta de tempo , disponibilidade , ou medo, deixamos partir quem amamos …
A noite está a chegar , a cidade começa adormecer e eu vou ver as estrelas , apreciar a lua ...
Amanhã é um novo dia! E eu estarei aqui para o receber com Sol ou com Nuvens, mas acima de tudo estou aqui para o viver, para aprender a crescer, para brincar como uma criança num parque infantil….e acreditar que o amanhã será sempre novo!
E amanhã será mesmo um dia novo e diferente...em que tudo pode acontecer...E um dia verá em que já não me sentirei só mesmo rodeada de gente!
Depois da noite por mais longa que seja vem sempre o dia e estarei cá para o viver e sonhar...
Então até amanhã e bons sonhos!
Pensadora

publicado por pensadora2 às 21:04
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. na falta de inspiração...

. acordes da vida...

. adversidades da vida...

. neste momento só me resta...

. tentarei pensar...

. disfarce autorizado...

. um mimo do meu marinheiro...

. a ausência...

. o silêncio...

. resistir ao inverno...

.arquivos

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds