Quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2005

se não houver amanhã...

ramo3_color.jpg


Eu costumava deixar muitas coisas para amanhã.
Resolvi lhe dizer, hoje, o quanto você é importante, porque quando acordei, uma pergunta ressoava no mais profundo da minha alma e senão houver amanhã?

Então, hoje eu quero me deter um pouco mais, ouvir melhor suas ideias, observar seus gestos mais simples, guardar o tom de sua voz.
Porque... se não houver amanhã...
Eu quero saber qual é a música que você mais gosta, a sua cor predilecta, as suas flores preferidas.

Porque, se não houver amanhã...
Eu quero ter gravado em minha mente o seu sorriso, seu jeito de ser, suas manias...hábitos e gostos.

Hoje eu vou me sentar com você, ouvir a melodia dos pássaros e sentir a brisa, em silêncio...
E sem pressa.

Hoje eu vou lhe pedir por favor, agradecer, me desculpar, pedir perdão, se for necessário.
Sabe, eu sempre deixei todas essas coisas para amanhã, mas o amanhã...o amanhã é apenas uma promessa...
O hoje é presente.

Assim, se não houver amanhã eu quero lhe oferecer hoje este bonito ramo de rosas. Quero conhecer seus receios, aconchegá-la em meus braços e lhe transmitir confiança...
Hoje, quando você se for afastar de mim, vou segurar suas mãos e pedir para que fique um pouco mais ao meu lado.
Sabe, eu sempre costumo deixar as palavras gentis para dizer amanhã, carinhos para fazer amanhã, muita atenção para prestar amanhã, mas o amanhã talvez não nos encontre juntos.
Eu sei que muitas pessoas sofrem quando um ser amado embarca no comboio da vida e parte sem que tenham tido a hipótese de dizer o que sentem e sei também que isso é motivo de muito remorsos e sofrimento.

Por isso eu não quero deixar nada para amanhã, pois se o amanhã chegar e não nos encontrar juntos, você saberá tudo o que sinto por você e quero saber o que sente por mim. Nada ficará pendente...
Quero registrar na minha alma cada gesto seu.
Quero gravar o seu sorriso, pois se a vida nos levar por caminhos diferentes eu terei você comigo, mesmo estando temporariamente separados.

Sabe, eu não sei se o amanhã chegará para nós, mas sei que hoje, hoje eu posso lhe dizer o quanto você é importante para mim.
Seja você meu filho, minha filha, meu esposo ou esposa, um amigo talvez, você vai saber hoje, o quanto é importante para mim...
Porque, se não houver amanhã...


Amanhã o sol será o mesmo mensageiro da luz, mas as circunstâncias, pessoas e coisas, poderão estar diferentes.

Hoje significa o seu momento de agir, semear, investir suas possibilidades afectivas em favor daqueles que convivem com você.
Hoje é o melhor período de tempo para caminhar em sua direcção porque pode não haver amanhã

pensadora!
publicado por pensadora2 às 20:42
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. na falta de inspiração...

. acordes da vida...

. adversidades da vida...

. neste momento só me resta...

. tentarei pensar...

. disfarce autorizado...

. um mimo do meu marinheiro...

. a ausência...

. o silêncio...

. resistir ao inverno...

.arquivos

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds