Terça-feira, 17 de Janeiro de 2006

ainda que...

agua viva.jpg


Ainda que...

Ainda que não escreva um livro, sou a escritora da minha vida.
Ainda que não seja um pintor famoso... posso fazer da minha vida uma obra-prima.
Ainda que cante desafinado... a minha existência pode ser uma linda canção.
Ainda que não entenda nada de música... a minha vida pode ser uma sinfonia harmoniosa.

Ainda que não tenha estudado comunicação ... a minha vida pode transformar-se numa reportagem de fazer inveja a tantos jornalistas.
Ainda que não seja uma pessoa cheia de sabedoria... posso cultivar a sabedoria da amizade, do carinho e do amor.

Ainda que meu trabalho não seja aquele que sonhei, posso tentar transformá-lo em momentos de alegria e prazer.
Ainda que tenha quarenta, cinquenta, sessenta ou setenta anos... posso tentar sempre manter o meu espírito aberto.
Ainda que as rugas já marquem o meu rosto... tento fazer sobressair a minha beleza interior.

Ainda que meus pés tentem fraquejar nos tropeços e pedras do caminho... o meu rosto pode sempre sorrir e olhar enfrente.
Ainda que as minhas mãos conservem as cicatrizes dos problemas e das incompreensões... dos meus lábios podem sair palavras de conforto e compreensão.
Ainda que lágrimas percorram o meu rosto... continuo a ter um coração disposto amar.
Ainda que não o compreenda sei que um dia direi adeus….para sempre!

Ainda que viva na escuridão sei que lá fora pode haver uma luz sempre na minha direcção.
Ainda que a noite esteja fria e escura posso tentar aquecê-la com as minhas lembranças de outras noites.
Ainda que não queira a rotina tento viver pequenos momentos que fazem a diferença.

Ainda que a noite agora esteja a começar uma coisa eu sei que amanhã se irá recolher e irá dar lugar ao dia…

pensadora
publicado por pensadora2 às 20:30
link do post | comentar | favorito
|
17 comentários:
De Anónimo a 20 de Janeiro de 2006 às 19:35
Ainda que...tenha tido grande desilusão...e meu coração esteja pintado de raiva...continuo a acreditar na utopia do amor. Adorei o texto..beijos. julio
</a>
(mailto:jjbbranco@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 19:55
Gostei do visual,e gostei muito do que escreveste.Gostei de ver palavras de esperança.Gostei de ver-te encarar as dificuldades com um sorriso no rosto.
Beijocas grandes kaldinhas
(http://kaldinhas.blogs.sapo.pt/)
(mailto:kaldinhas@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 18:35
A noite irá dar o lugar ao dia e assim andamos nós, sucessivamente à roda desta bola que chamamos mundo. Adoro ler os teus pensamentos e reflexões, que nos fazem transportar por vezes à realidade nua e crua da vida! Um excelente fim de semana!segundavida
(http://segundavida.blogs.sapo.pt/)
(mailto:melo887@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 03:08
texto lindo!acho k foi o melhor texto k li ate hoje!com tanta vontade de viver, com tanta força!se todas as pessoas fossem como tu ou pensassem como tu seriam muito mais felizes!
beijinho!Andreia
(http://www.andreiacatlicious.blogspot.com)
(mailto:catlicious_21@hotmail.com)


De Anónimo a 18 de Janeiro de 2006 às 21:06
Ainda que seja grande este mundo, tens o mundo a teus pés... brigado pelo comentário e sim, volta sempre...ruizocas
(http://bloguesfera.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ruizocas@hotmail.com)


De Anónimo a 18 de Janeiro de 2006 às 20:55
Obrigado Pensadora pelo Kenny G. Obrigado pela "atenção"!!!!Tocaste cá fundo...

A minha mais pura Emoção, GaivotinhaGaivotinha
</a>
(mailto:gaivotinha@hotmail.com)


De Anónimo a 18 de Janeiro de 2006 às 20:52
"Ainda que não escreva um livro, sou a escritora da minha vida./
Ainda que não seja um pintor famoso... posso fazer da minha vida uma obra-prima./
Ainda que cante desafinado... a minha existência pode ser uma linda canção./
Ainda que não entenda nada de música... a minha vida pode ser uma sinfonia harmoniosa..." - Se me permite destaco esta parte que aqui deixo em ressalto, bonito. Beijinhos.

Maria do Céu Costa
(http://www.adireccaodovoo.blogspot.com)
(mailto:mariaceucosta@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Janeiro de 2006 às 20:02
olá, gostei do que li. beijinhos meusIsa
(http://singular.blogs.sapo.pt)
(mailto:singularidade@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Janeiro de 2006 às 19:33
Oi, nunca tinha passado aqui...apenas segui o rasto de grandes escritas...e parece que tu tambem escreves muito bem...voltarei cá...Dark Dreamer
(http://darksweetdreams.blogs.sapo.pt/)
(mailto:nada@nada.nada)


De Anónimo a 18 de Janeiro de 2006 às 19:31
ainda que não tenhamso coragem para escrever, acabamos sempre por pensar essas coisas com sentdo :). 1001 bujitos*Slayra
(http://pensamentosembranco.blogs.sapo.pt)
(mailto:anakatcc@hotmail.com)


Comentar post