Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2006

abri as cortinas....

passagem de ano 022.jpg



Não vou fazer balanços ou desejos isso já todos nós fizemos na noite da viragem do ano. Cumprimos tradições, rituais, com mais ou menos euforia. Todos tentámos enterrar as tristezas e trazer para este novo ano as esperanças, as alegrias as ilusões, os sonhos…
Uns tentam projectar desejos antigos, esperança de encontrar a felicidade ao longo destes 365 dias. Afinal são muitos dias, muitas horas, muitos , segundos…. Só que ás vezes não chegam. Daqui a um ano , muitos de nós estão a fazer os mesmos votos, os mesmos pedidos…Ao longo deste tempo, muita gente se vai cruzar e descruzar na nossa vida, alguns partirão para lugar incerto e sem bilhete de regresso…Enfim a vida não pára de girar, o tempo não pára. O relógio do tempo avança mesmo que nós não estejamos preparados para o acompanhar.
O Futuro é uma incerteza, aliás cada instante o é!
Nunca sabemos o que vai acontecer no momento seguinte, embora o tenhamos planeado e agendado…
Eu abri as cortinas para deixar entrar as estrelas, o som dos foguetes, a luz a esperança e o sorriso!
Vivi o momento com os meus marinheiro e em cada passa comida por mais desejos que pedisse eles estavam presentes em cada um! Todos os meus sonhos , desejos é em ter força para aguentar muitos anos, horas, para os ver crescer…
O meu marinheiro mais velho diz que pediu para ter uma mãe menos chata…lá terá as suas razões! Só que esse desejo concretizar-se é que parece difícil primeiro porque não pode trocar de mãe tem que aturar esta que lhe saiu na rifa…e depois de chata não tenho muito , até sou para o magro !!!!

Como os signos nunca se enganam ( risos) e eu já li em algumas revistas e coisas que aparecerem por aqui na net que vou ter um ano bom e até o dinheiro não vai faltar….( isso aí é que só se me sair o Euro Milhões) porque de resto, não sei mais a que porta bater ou árvore abanar…estão todas secas, com o frio que se faz sentir! A saúde ameaça mas nada que não passe, deve ser a minha fibromialgia que ás vezes diz :
- Presente! Mesmo sem ninguém a chamar, mas ela não aprendeu as regras da boa educação e as suas crises parecem sem se fazerem anunciar ou sem ninguém as chamar!
Mas como parece que é crónica lá tenho que aturar e viver com ela…umas vezes ela está mais perto, outras mais longe mas nunca se vai embora! A Marota!

Quanto ao amor…parece que vão ser tantos os candidatos que nem vou ter mãos a medir ( risos) !!! Enfim é sempre acelerar em 2006 tenho de ter é cuidado com as curvas…porque com tanto trânsito ainda me esbarro na escolha! !!

Lá partiu , este velho amigo que esteve presente estes dias todos, envelheceu e só espero que leve com ele com a tristeza e o sofrimento. Um novo menino está a nascer, espero que transporte no seu leito, sonhos renovados, alegria a quem sofre e que consiga para muitos ser mesmo um ano novo com uma vida nova!
Amigos vamos viver um dia de cada vez sem pressas e raparei que está quase a fazer um ano que abri esta página e lhe chamei palavras de amor e dor porque são esses dois sentimentos que fazem parte da vida…. O primeiro texto que coloquei há pouco mais de um ano atrás chamava-se recomeçar, agora só espero continuar a construir um caminho e continuar neste meu cantinho a desabafar as minhas dores, tristezas e alegrias…
Que este menino que só tem dois dias de vida vos traga tudo o que sempre desejarem e já agora continuem-me aturar aqui neste meu cantinho…apesar de ser chata segundo a opinião creditada do meu marinheiro!! ( risos)
Vamos caminhar…e abrir as cortinas…para deixar entrar o Sol em cada dia que passa mesmo que chova e faça frio….Mas não nos deixemos vencer por o mau tempo , vendavais ou tempestades…

Pensadora

publicado por pensadora2 às 19:32
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 5 de Janeiro de 2006 às 18:39
Cara Amiga...Espero que Tenhas Entrado Bem...e saído Melhor. Mas acho que começei Muito Bem o Ano...Salvando uma Pessoa...Meu padrinho por Acaso...Ataque diabético com Pressão Muito Baixa...e depois do Champanhe Lá andei com o Açucar e o Sal...Simbolos antigos de Poder...mas que Serviram Para Estabilizar o Corpo e alma dele. Enfim...que Melhor Podia Pedir no inicio do Ano que Salvar Alguem. Beijosjulio
</a>
(mailto:jjbbranco@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Janeiro de 2006 às 15:53
Nada melhor para começar esta nova etapa. Precisávamos de mais "chatas" assim, que tão bem pensa e tão bem nos expressa o seu amor e sua dor! Bom ano novo (Outra vez? Que chatos!!!)segundavida
(http://segundavida.blogs.sapo.pt/)
(mailto:melo887@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Janeiro de 2006 às 10:35
Vamos... com força e sempre com um sorriso nos lábios. vamos viver a vida e tentar ser felizes! Bjinhos.Ritisabel
(http://pegadasnaareia.blogs.sapo.pt)
(mailto:ritalexandre@hotmail.com)


De Anónimo a 3 de Janeiro de 2006 às 07:25
Modo de amar – X

A praia da memória
a sulcos feita
a partir da cintura:

a boca
os ombros

na tua mansa língua que caminha
a abrir-me devagar
a pouco e pouco

Globo onde a sede
se eterniza
Piscina onde o tempo se desmancha
a anca repousada
que inclinas
as pernas retezadas que levantas

E logo
são os dentes que limitam

mas logo
estão os labios que adormentam
no quente retomar de uma saliva
que me penetra em vácuo
até ao ventre

o vínculo do vento
a vastidão do tempo

o vício dos dedos
no cabelo

E o rigor dos corpos
que já esquece
na mais lenta maneira de vencê-los
Carlos
(http://vagueando.blogs.sapo.pt/)
(mailto:c_m_a_n_u_e_l@hotmail.com)


De Anónimo a 3 de Janeiro de 2006 às 01:37
Finalmente uma foto de artista... Estás e estarás sempre aqui dentro do meu coração. hoje é o primeiro dia do resto da minha vida...sonhador
</a>
(mailto:raul.sousa@hotmail.com)


De Anónimo a 2 de Janeiro de 2006 às 20:02
Um dia de cada vez...Leonor
</a>
(mailto:leonorcalves@sapo.pt)


De ?Sônia Maria a 14 de Novembro de 2007 às 15:55
Olá, Pensadora!
Passei a manhã passeando entre as suas palavras.
Me perdi, viajei, me emocioneim, me deslumbei. Como gostaria de ter essa falicilidade que você tem para escrever o que sente. Tenho vontade, mas as palavras não me vêem.
Parabéns!
Você escreveu com muita clareza muito do que sinto e do que gostaria de escrever.
Se não for pedir muito, gostaria da sua autorização para divulgar poemas seus no meu blog, te dando todos os créditos e fornecendo seu site.
Sou sua fã.
Parabéns!
Abraços com carinho,
Sônia Maria


Comentar post