Segunda-feira, 6 de Março de 2006

adversidades da vida...

mar encoberto.jpg




As adversidades da vida são como
as brisas nas noites frias de Inverno
elas vêm e vão e precisamos de nos
libertar delas!
Cada minuto que estão presentes
parecem-nos horas.

Tantas são as vezes que temos
tudo programado e pensamos que
o dia vai correr dentro da normalidade
mas de repente é um filho que adoece
o carro que avaria
uma conta extra para pagar
e isso basta para alterar o nosso dia
programado e agendado!

Sentimos cansaço porque cada
dia que passa e algo incerto acontece
e nós tentamos vencer as adeversidades da
vida!

Remamos contra ventos e marés,
tentamos vencer as águas agitadas
vamos buscar as forças ao mais intimo de nós
Só que nem sempre conseguimos remar
na mesma direcção da águas...
elas são fortes e atiram-nos para o chão...
O cansaço toma conta de nós!

As nossas barreiras emocionais
a insegurança,
o medo, a falta de confiança
parecem paralisar as nossas pernas
Pedimos força para fazer frente
às adeversidades da vida...
Nem sempre a conseguimos
porque são anos e anos de luta
em que por vezes a escuridão
da noite se sobrepõe à luz do dia...
E temos receio de não ter meios
para fazer brilhar a luz em vez da escuridão!

Eu admito o meu cansaço,
Mas não a desistência
Isso não consigo...
Não posso desistir, apesar de sentir
o meu corpo a fraquejar e a minha alma
cansada de tanta luta...
Mas a vida é como um novelo embranhado
e tento sempre encontrar a ponta
para desenrolar esse novelo
e vencer as adversidades da vida...

Mais uma noite escura e de sono
Incerto se aproxima , eu cá estarei
para a vencer, apesar do cansaço
às vezes gostava de adormecer e deixar-me
embalar no sono sem horas ou pressas para
acordar...
Ou quem sabe dormir o sono eterno...
Mas sei que não posso pedir esse sono
pois ainda tenho muitas adeversidades
para vencer e muitas lutas
para travar...
Cá estarei para as receber
e deixar-me envolver em pequenos
prazeres da vida...
Aproveitar o descanso dos guerreiros
e embrulhar-me num manto de sonhos
e vencer as adversidades da vida
porque amanhã bem cedo o som irritante do
despertador me avisa que está na hora
para mais um dia que por muito programado
que esteja nunca sabemos ao certo como se vai desenrolar...
Dai a vida ser uma surpresa constante...
Cheia de aventuras e adversidades...

pensadora

publicado por pensadora2 às 20:56
link do post | comentar | favorito
|
19 comentários:
De Anónimo a 7 de Março de 2006 às 13:51
Passei para beber um pouco dos teus pensamentos, para carregar novos horizontes e soprar as nuvens escuras...passei para te dizer que, como tu, também eu não vou desistir. Um beijoLaços...
(http://fly4you.blogs.sapo.pt)
(mailto:arquitectura@escala-urbana.pt)


De Anónimo a 7 de Março de 2006 às 12:16
Quando estamos demasiados cansados das adversidades, é melhor tirar umas férias descansadas num sítio onde a probabilidade de adversidades ser reduzida, antes que a palavra "desistir" sequer passe na cabeça. Beijinho e força!Aragana
(http://www.araganices.blogspot.com)
(mailto:aragana@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Março de 2006 às 12:06
o importante é não DESISTIR!ana
(http://xapinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:anamota100@hotmail.com)


De Anónimo a 7 de Março de 2006 às 11:52
Amiga, nem sempre é fácil enfrentar as adeversidades da vida!Mas ás vezes ajudam-nos a crescer e a ser fortes.Amiga segue em frente e não te deixes vencer pela vida, pela dor e pelo cansaço!Força, tens sempre aqui um ombro amigo.Beijinhossilhado
</a>
(mailto:silhado@hotmail.com)


De Anónimo a 7 de Março de 2006 às 07:47
O meu pensamento hoje, é um até breve e um grande beijinhonoiterstrelada
(http://)
(mailto:maoliveira50@hotmail.com)


De Anónimo a 7 de Março de 2006 às 00:30
O pricipal objectivo do ser humano (penso que de todo o animal), desde o nascimento até ao términos, é lutar sempre para tentar alcançar o dia seguinte. A isso designamos INSTINTO DE SOBREVIVÊNCIA. É este instinto que nos leva a lutar contra as adversidades da vida e nunca desistir, como diz e muito bem no seu post. A nobreza, carácter e valor de um ser, transmitem a coragem necessária para chegar ao fim com dignidade. Boa semana.segundavida
(http://segundavida.blogs.sapo.pt/)
(mailto:melo887@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Março de 2006 às 00:22
Amiga, há dias de chuva, há dias de sol...
Por vezes parece que temos a pior vida mas, não a temos...
vida só há uma... há que viver cada momento
um abraço amigomixtu
(http://www.mixtu.blogspot.com)
(mailto:mixxtu@hotmail.com)


De Anónimo a 6 de Março de 2006 às 23:46
desistir nunca, essa palavra nem deveria de existir no nosso dicionario!beijinho!Andreia
(http://www.andreiacatlicious.blogspot.com)
(mailto:catlicious_21@hotmail.com)


De Enamorada a 27 de Outubro de 2009 às 07:09
AMEI SUA CORAGEM DE RELATAR O QUE EU TAMBÉM SINTO E PEDI MUITAS VEZES O SONO ETERNO,MAS MEU GARATO AINDA NÃO ESTA PRONTO PARA VIVER SOZINHO AINDA TENHO QUE TRAÇAR O CAMINHO DELE,DEIXA-LO CALÇADO DE SEGURANÇA E PELO MENOS MUITA FÉ.ISSO É QUE ME FAZ VIVER O FUTURO DELE.AMEI VOCÊ POIS AINDA É A ESPERANÇA DE ALGUÉM......


Comentar post