Quinta-feira, 8 de Dezembro de 2005

de repente...

explosao de luz.jpg


A cidade está a começar adormecer, teve um dia agitado com lojas apinhadas de gente , porque o Natal vem ai , o tempo passa mas todos os anos se repete a mesma euforia, os mesmos sonhos e desejos.
Agora enquanto a cidade e adormece eu fico a olhar pela janela, com os olhos perdidos num ponto qualquer, e busco de uma forma inconsciente rever o passado, preencher as saudades, procurando o cheiro , o gosto e o toque de outros tempos. Anos armazenados , momentos vividos nesta teia complexa chamada vida.
Enquanto a cidade dorme, tento adormecer também cenas esquecidas que por vezes tentam fugir do passado na esperança de se tornarem presente..
A cidade vai adormecer ficar no silêncio da madrugada, vasculho dentro de mim , soluções e razões que não combinam com os meus sonhos, com a minha vontade de viver, com o meu futuro.
Nesta altura de Natal a cidade é um repleto de luzes que piscam iluminando a noite, as estrelas brilham sentindo a magia do céu que também abriga a lua e o sol.
Enquanto a cidade se deixa envolver em mais uma noite fria , revivo a minha história na fria realidade…dos momentos doces que se foram, das lições apreendidas, das decisões tomadas, dos amores que vivi e dos que não vivi, a saudade que ficou!
Mas ou ver a cidade adormecer de repente entendi que a vida continua …que amanhã volta a despertar …e um novo dia totalmente desconhecido se vai desenrolar…porque mais que saibamos o dia de amanhã nunca sabemos ao certo como vai correr, os encontros e desencontros, os imprevistos, os sorrisos, as alegrias e tristezas...
Tal como a cidade vou tentar também adormecer...

pensadora
publicado por pensadora2 às 20:53
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 9 de Dezembro de 2005 às 13:28
De repente...sonho que o dia de amanhã vai ser melhor que o de hoje, que estarei na pele desse ser inventado e inventariado chamado "Pai Natal" e distribuir aquilo que todos querem...a felicidade!...mas infelizmente sei que vai ser um trabalho inglório, infortuito porque não me vão ajudar...e o tempo urge. Para quando esta sociedade consumista...egoista acorda para a realidade...será que os erros...os desgostos do passado não o fizeram acordar para a realidade?
Desperto da Hipnose...deste pesadelo da Distribuição do Impossivel e acordo para a realidade..Canto para a Estrela que me ilumina...que já nos iluminou mas que não soubemos aproveitar a oportunidade...Talvez perdida...mas Felizmente tenho Fé...que um Jesus nos ilumine um dia destes...de repente!..no Nosso coração!...de um Forma simples!julio
</a>
(mailto:jjbbranco@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Dezembro de 2005 às 21:48
AO olharmos uma cidade adormecida podemos encontrar grandes pontos de reflexão. Que tenhas um sono povoado por belos e doces sonhos e que todos se realizem.
Beijocas grandeskaldinhas
(http://kaldinhas1.blogs.sapo.pt/)
(mailto:kaldinhas@sapo.pt)


Comentar post