Quinta-feira, 13 de Outubro de 2005

estou cá hoje...

mar de sonhos.jpg



Amigos tal como disse afastei-me durante alguns dias e talvez não volte com a mesma periodicidade de outros tempos . Mas hoje estou cá para falar um pouco mais abertamente de mim e das razões que me levaram afastar.
Desde já quero agradecer a todos que responderam dando palavras de conforto e carinho!
Eu sei que todos nós temos uma história de vida, uns uma história mais calma serena talvez saídas das páginas de um livro de fadas, outros mais parecidas com histórias de, dor e tristeza. Só que há momentos na vida em que as páginas dos livros se misturam e saltam de uma para a outra. Às vezes quase sem percebermos como tudo aconteceu!
Eu neste momento e em muitos momentos da minha vida não consegui perceber bem que história de vida era a minha, mas sempre fui vencendo as dificuldades e sorrindo nas alegrias. Às vezes por coisas tão simples, como receber um email, um telefonema, de alguém que eu considerada desaparecido e ausente, um comentário ao meu blog. Mas que ajudaram a caminhar.
Então é assim meus amigos, a vida agora resolveu arranjar-me uma doença crónica que não mata mas dói e limita alguns dos meus movimentos e com a qual tenho de aprender a viver. Confesso que já vivi muitas dores psicológicas, percas , pressões, desilusões... agora tenho de aprender a viver com as dores físicas. Foi me diagnosticada uma doença com um nome pomposo e até que ficou na moda porque algumas figuras públicas a têm, mas eu confesso que nem gosto muito de certas modas ( rs) mas esta não a escolhi em nenhuma prateleira de uma loja da moda ela escolheu-me e veio ao meu encontro. Foi se instalando devagarinho, dando sinais que poderiam ser mil e uma coisas e eu fui fazendo exames e correndo médicos, até que não sabendo mais onde ir comecei a desconfiar , a pesquisar e fui orientada para um Reumatologista, Que depois de me examinar e ouvir as minhas queixas deu o veredicto final . Fibromialgia ( o nome até é pomposo) até agora calei mas minhas dúvidas até porque não gosto de comentar a minha vida porque acho ninguém me vai resolver os meus problemas e toda agente tem opiniões e soluções. Só que achei que vos devia esta explicação !
Quero aprender a viver com estas dores e tentá-las vencer.
Por isso meus amigos me senti perdida e precisei de me afastar até ter certezas mas elas chegaram e não tenho mais que esconder!
Agora sinto-me triste e algo perdida mas com o tempo voltarei a ser a pessoa alegre e lutadora que sempre fui!
È uma questão de aprendizagem….afinal a vida é uma aprendizagem constante e esta é mais uma.
Espero voltar brevemente aos meus textos de antigamente, mas hoje confesso que ainda não tenho inspiração nem vontade ou forças!

pensadora
publicado por pensadora2 às 20:33
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. na falta de inspiração...

. acordes da vida...

. adversidades da vida...

. neste momento só me resta...

. tentarei pensar...

. disfarce autorizado...

. um mimo do meu marinheiro...

. a ausência...

. o silêncio...

. resistir ao inverno...

.arquivos

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds