Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2006

fragil

perfil.jpg


És frágil como o cair da noite!
A noite cai, e com ela a tua fragilidade torna se transparente.
Ontem, longe e com o cair da noite senti a tua fragilidade!
Corri ao encontro dela! Caminhei num sentido como se alguém me chamasse.
Encontrei-te.
Ao ver-te fiquei sem palavras! Eras tu?
Estavas diferente, o teu olhar era vazio. Aquele olhar que eu conhecia não era o mesmo. Um olhar vivo , alegre estava apagado…sem destino , rumo ou direcção… concentrado num computador desabafando mágoas e dores..
Fixei-o. Fiquei entre o meu olhar e o teu e não me conseguia libertar.
Não conseguia falar, o teu olhar era tão forte que me prendia!
Estavas perdida! E eu ao teu lado imóvel.
De repente soltaste algumas palavras." Que fazes aqui?"
E eu presa ao teu olhar, pensava em silêncio.
" Vim no cair da noite ao encontro da tua fragilidade."
E no silêncio fiquei presa ao teu olhar.
O tempo vai passando e cada dia que passa conheço mais a fragilidade do teu olhar…
E tu, com o cair da noite deixas transparecer ainda mais a tua fragilidade. Apesar do teu ar forte, alegre e de lutadora!
És Frágil como uma peça de cristal ... que quebra mas depois volta a colocar todos os bocadinhos e regressa ao seu lugar para enfeitar uma casa um espaço… dar vida a um espaço vazio.
Ninguém repara no seu sofrimento…porque as pessoas olham mas não vêm , ver e olhar é diferente… Eu tento ver-te não só olhar mesmo quando tu queres esconder de todos até de mim…

A tua fragilidade faz-me correr estrada e obstáculos , mas prometo que não te deixarei cair…

Mesmo frágil estarei aqui! Sempre!

pensadora
publicado por pensadora2 às 16:11
link do post | favorito
De Anónimo a 11 de Fevereiro de 2006 às 23:53
Tens coisas bonitas por aqui.

Bjk e bom fim de semanaClitie
(http://vidaemonologo.blogspot.com)
(mailto:vidaemonologo@gmail.com)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. na falta de inspiração...

. acordes da vida...

. adversidades da vida...

. neste momento só me resta...

. tentarei pensar...

. disfarce autorizado...

. um mimo do meu marinheiro...

. a ausência...

. o silêncio...

. resistir ao inverno...

.arquivos

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds